ANUNCIE AQUI.jpg

Publicado em 10/03/2016 às 15h57:

Descubra o que há de novo no Android N

Pegando todo mundo de surpresa, o Google apresentou a versão beta do Android N, e você já pode instalá-la se tiver o Nexus 6 ou mais recente (nenhum aparelho saiu no Brasil, infelizmente). Sim, o Google apresentou a primeira versão do seu novo sistema em março, apenas cinco meses depois de lançar o Marshmallow, muito mais cedo do que de costume.

 Notificações melhoradas

 

As notificações tiveram o visual profundamente remodelado e ficaram mais versáteis. Um dos novos diferenciais é a possibilidade de responder mensagens diretamente da barra de notificação. Ou seja: quando você recebe uma mensagem no WhatsApp (se o WhatsApp abraçar este recurso), você poderá responder sem precisar abrir o aplicativo.

O recurso se chama “Direct Reply”, e é parte de um pacote de melhorias nas notificações, com o objetivo de torna-las mais úteis e interativas, com novos templates. Segundo o Google, desenvolvedores poderão aproveitar a novidade com poucas mudanças em seus códigos, o que significa que o padrão deve ser adotado rápido.

Também há o que o Google chama de “Bundled Notifications”, que, em bom português, são as “notificações agrupadas”. O nome é autoexplicativo: em vez de um aplicativo gerar 30 notificações diferentes e incomodar o usuário, o desenvolvedor tem a opção de fazer com que estas 30 notificações sejam agrupadas em apenas uma, que pode ser expandida para ver todo o conteúdo.

 

Mais economia de bateria

 

O Android 6.0 introduziu o modo “Doze”, que desativa quase todas as funções secundárias do celular quando ele está inativo, com o intuito de poupar bateria. A diferença no Android N é que agora o modo pode ser ativado todas as vezes que a tela é desativada, fazendo com que ainda mais bateria seja economizada.

Informações de emergência

 

Torça para não precisar usar este recurso. Ele reúne suas informações para casos de emergência, o que inclui seu tipo sanguíneo, nome, endereço, data de nascimento, possíveis alergias, os medicamentos que você usa e se você é doador de órgãos ou não. No caso de alguma situação de emergência, o paramédico pode acessar estas informações pela tela de bloqueio, o que pode ajudar no caso em situações delicadas como um atropelamento.

O recurso não é obrigatório, e o usuário pode escolher quais informações coloca neste espaço. Então, ele pode omitir informações como a data de nascimento ou endereço se achar que esta informação pode ser perigosa na mão de ladrões, por exemplo.

Novas configurações rápidas

 

Agora quando você passa de cima para baixo, além de aparecerem as notificações, também há uma barrinha com cinco configurações rápidas, e o usuário pode configurar quais são as opções que aparecem neste espaço.

Deslizando o dedo pela segunda vez, aparece o menu completo de ações rápidas que já é familiar desde o Marshmallow. A diferença é que agora há duas páginas de opções, e o usuário pode reposicionar as ações rápidas como preferir.

Botão de aplicativos recentes ficou mais útil

Sabe aquele ícone do quadrado que fica ao lado do botão de voltar e o Home? Ele ficou bem mais versátil:

  • Da tela inicial, um toque duplo no botão de aplicativos recentes chama o último aplicativo usado;
  • Quando um aplicativo está aberto, um toque duplo no botão abre o aplicativo que você usava anteriormente;
  • Ao abrir o menu Recentes, você pode pressionar repetidamente o botão para rodar os aplicativos abertos. Quando você parar, o aplicativo selecionado ocupará a tela toda;
  • Ao trazer o menu Recentes, um oque longo no botão ativa o modo de tela dividida, e também permite segurar e arrastar uma prévia de aplicativo;
  • No modo de tela dividida, um toque longo faz com que um aplicativo ocupe a tela inteira novamente;
comments powered by Disqus